Desafio das Unhas Fracas

Boa tarde!

Como vocês já sabem, fiquei um tempo morando em Gramado – RS, com meu pai que esteve hospitalizado. Durante o período que estive por lá, minha unhas se tornaram muito mais fracas do que já eram. Nunca tive, em toda a minha vida, as unhas duras ou muito compridas. Sempre as mantive curtas, no máximo alguns milímetros acima da borda do dedo.

Sempre sofri com o problema das quebras e da descamação, mas nos últimos meses senti uma enorme piora. Como eu costumava esmaltar as unhas semanalmente, elas ficavam, de certa forma, protegidas. Mas lá em Gramado eu não tinha ânimo, e nem tempo, de esmaltar toda semana. Às vezes nem base eu passava! E como eu tinha alguns afazeres domésticos que colocavam minhas unhas em contato com produtos de limpeza, elas sofreram muito.

Quando voltei a Porto Alegre, tratei de começar a esmaltar as unhas novamente, usando minhas melhores bases fortalecedoras, incluindo a linha Risqué Technology, que pretendo mostrar em outro post. Minhas cutículas estavam horríveis, e tentei hidratá-las com todos os produtos que eu tinha em casa:  Hidratante de Cutículas e Cerinha, ambos da Granado; creme para unhas c/ vitamina E e crosilk, receitado pela minha Dermatologista e que mandei manipular na farmácia; e a Caneta Hidratante de Cutículas, da Oceanne, que também mostrarei em outro post.

Nenhum destes produtos, apesar de serem bons, fez efeito nas minhas unhas e cutículas. Fiquei tão aflita com o estado das benditas que cheguei a furar o meu desafio “Não tire as cutículas!”, e acabei passando o alicate na esperança de melhorar a aparência das unhas. Por isso, na semana passada adquiri 2 produtos dos quais ouvi falar super bem:  o Mavala Scientifique Nail Hardener, que é um líquido endurecedor de unhas; e a base Hard As Nails, da Sally Hansen, que também é endurecedora e fortificante.

Mavala Scientifique Nail Hardener, com 3,5 ml.

Hard As Nails, Nail Hardener, Sally Hansen, com 13,3 ml.

A partir desta semana, pretendo mostrar semanalmente os resultados dos produtos nas minhas unhas. Vamos torcer para que dê resultados!

Os produtos podem ser encontrados em lojas de cosméticos e na internet. Eu comprei o Mavala na Sack’s, e o Hard As Nails na Época Cosméticos. Ambas as lojas entregaram no prazo, de mais ou menos 5 dias, e são de confiança. Já fiz várias compras, tanto em uma quanto na outra, e nunca tive problemas!

Estado atual das minhas unhas. Nesta foto, eu já havia aplicado o endurecedor da Mavala. Ele deixa as unhas com um aspecto brilhoso nas pontas.

Hard As Nails, Sally Hansen - cor: Clear (transparente). 2 camadas.

E vocês, já usaram algum destes produtos? O que fazem para manter as unhas fortes e saudáveis?

Bjoks,

Úrsula Menezes

Resenha: Creme para Cutículas, Granado

Boa tarde gente!

No domingo eu mostrei pra vocês o meu xodó no cuidado com as cutículas, que é a Cerinha da Granado, que já venho usando desde o ano passado. Pois bem, hoje venho fazer a resenha de um outro produtinho da linha Pink, que é o Creme Para Cutículas.

Embalagem com 100g

A embalagem do creme é do tipo bisnaga, com conteúdo de 100g. Pra falar a verdade, eu achei a embalaagem um pouco grande demais, já que eu gosto de carregar meus creminhos na bolsa. Pra mim ficaria mais prático se a embalagem fosse de 50g, como a maioria dos cremes para mãos que existem no mercado.  Assim o preço também cairia, eu acho. Aqui em Porto Alegre comprei o meu na Panvel Farmácias, por R$ 11,72.

A textura do creme é bem consistente e fácil de espalhar. A pele absorve bem rápido também, então não fica aquela sensação de dedos melecados. O que é bem importante, pelo menos pra mim. O cheirinho é bem suave, o mesmo da cerinha.

Textura do Creme para Cutículas Granado

O produto é indicado para utilização antes de tirar as cutículas, pois deixa elas mais molinhas e fáceis de empurrar sem precisar colocar as mãos na água morna. Como eu não tiro mais as minhas cutículas, tenho utilizado o creme como hidratante à noite, antes de dormir. Pela manhã, ao acordar, eu esfolio com uma escovinha própria para unhas. Assim mantenho as unhas limpas e retiro as células mortas das cutículas.

E então, alguém já experimentou este creminho? O que acharam?

Bjoks,

Úrsula Menezes

Resenha: Cera Nutritiva Unhas e Cutículas, Granado

Boa tarde!

Neste domingo de sol aqui em Porto Alegre, venho mostrar pra vocês um produto que é meu xodó: a Cera Nutritiva Unhas e Cutículas da Granado. A “cerinha da Granado”, como é conhecida, faz parte da linha Pink, que possui produtos para cuidados com as unhas, pernas, pés e mãos.

Tenho usado a minha cerinha desde dezembro do ano passado, quando decidi parar de tirar as cutículas, e depois de ler muita coisa boa sobre ela em blogs na internet. Pois bem, ela é tudo o que diziam, e muito mais. Hidrata maravilhosamente bem, tirando aquela aparência esbranquiçada das cutículas ressecadas. Além disso, ela ajuda a fortalecer as unhas, pois nutrir a raiz da unha faz com que ela cresça mais saudável.

Cerinha da Granado

A textura da cerinha  é em cera (dã…), por isso neste inverno eu não usei muito, pois o produto fica mais durinho no frio. Fiquei uns 2 meses sem usa-lá, utilizando apenas hidratantes para as mãos e o Mira-cuticle, Complexo Redutor de Cutículas, da Avon (falei sobre ele no blog “A Menina Cresceu!). Acontece que minhas unhas começaram a ficar cada vez mais fracas, não conseguia mais deixá-las crescer sem lascar e quebrar. Teve  uma semana  em que apelei para as unhas postiças, o que deixou a situação ainda pior.

Há mais de um mês procurei uma dermatologista que pudesse me receitar algo para unhas fracas. Ela me receitou um creme para manipulação, com Crosilk (proteína da seda) e vitamina E. O creminho é bom, hidrata bem, mas não resolveu o meu problema.

Decidi então voltar a usar a minha Cerinha da Granado, e minhas unhas começaram a crescer novamente. Ou seja, o produto é realmente bom, e cumpre o que promete. O fabricante sugere que ela seja usada duas vezes ao dia, espalhando até que seja absorvida. Nos dias mais frios, em que o produto está mais durinho, é só ir esfregando com o dedo que o produto “derrete” e é possível usar sem problemas.

Devo dizer que a embalagem é bem pequena, tem apenas 7g de produto, mas rende muuuito. O meu potinho ainda tem muito produto dentro, e recém comecei a ver o fundo da embalagem. O preço médio aqui em Porto Alegre é R$18, e até hoje só encontrei para venda nas farmácias Panvel.  Na época em que comprei, paguei R$16, mas o custo-benefício é enorme, já que dura bastante.

No site da marca tem uma Loja Virtual, com preços bem acessíveis, onde também dá pra conferir mais informações sobre os produtos e ver a composição de cada um. A fragrância de todos os produtos da linha Pink é a mesma, bem suave e é uma delícia!

E então, alguém já usou a Cerinha da Granado? Deixem suas impressões nos comentários, ok?

Bjoks,

Úrsula Menezes